::::: Central Sul de Jornais ::::: O MAIOR PORTAL DE JORNAIS :::::
 
::::: Central Sul de Jornais ::::: O MAIOR PORTAL DE JORNAIS :::::
Região Metropolitana
 
Escolha a cidade ou região para localizar
Jornais, Rádios, Prefeituras e ver notícias locais.
 
 












  A - | A +
Região Metropolitana
03/04/2017    Fonte: Prefeitura Municipal de Porto Alegre
GERAL
Procon alerta para novas regras do cartão de crédito

PORTO ALEGRE - O Procon Porto Alegre esclarece os consumidores sobre as novas regras do crédito rotativo do cartão de crédito que entraram em vigor nesta segunda-feira, 3. A medida, aprovada em 26 de janeiro de 2017 pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) restringe o prazo do crédito rotativo - que só poderá ser usado até o vencimento da fatura seguinte, ou seja, por 30 dias - e tem como objetivo a redução dos juros praticados pelas instituições de crédito.

Atualmente, a dívida do cartão de crédito, caso não seja paga na íntegra cresce quase que exponencialmente por causa da incidência dos juros. Com o pagamento mínimo do rotativo o dispêndio inicial é pequeno, mas depois de alguns meses torna-se uma conta difícil de ser paga. No Brasil, o cartão de crédito é a modalidade que apresenta as maiores taxas de juros do mercado. Dados do Banco Central de dezembro de 2016 indicam que esta taxa foi de 484,6% ao ano, ou 15,85% ao mês, o que contribui para a inadimplência e superendividamento dos consumidores.

De acordo com a nova regra o rotativo só pode ser disponibilizado até o vencimento da fatura seguinte. Depois de 30 dias o consumidor ou quita sua dívida ou solicita ao banco o parcelamento da mesma com juros menores, o que torna-se mais vantajoso, comprometendo menos sua renda mensal.Para a diretora executiva do Procon Porto Alegre, Sophia Martini Vial, é preocupante na atual conjuntura econômica o problema do superendividamento decorrente da utilização do cartão de crédito. Segundo dados da Confederação Nacional do Comércio, mais da metade da população brasileira está superendividada, o que gera a necessidade de educação para o consumo e, em especial, para educação financeira.

Sophia ressalta que não se está estimulando, com a nova regra, a utilização do pagamento do mínimo refinanciado como uma saída da bola de neve financeira. "Lembramos que o pagamento total da fatura do cartão de crédito ainda é a melhor alternativa para o consumidor", destaca. "Mesmo com a adoção desta nova forma de pagamento mais barata, o crédito pessoal bancário continua com uma taxa de juros menor do que a apresentada pelo cartão de crédito", acrescenta a diretora do Procon.

Atendimento - O porto-alegrense pode solicitar informações e registrar suas reclamações pela Internet, utilizando o site do Procon ou o Procon App, aplicativo para telefones celulares disponível gratuitamente pela Internet para sistemas IOS e Android. A sede da instituição fica na rua dos Andradas, 686, e funciona das 10h às 16h, quando são distribuídas 70 fichas de atendimento por dia. O Procon Porto Alegre é um órgão vinculado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico.

Foto: Betina Carcuchinski/PMPA

Assessoria de Comunicação/PMPA


       

Leia Também:

 

::::: Central Sul de Jornais ::::: O MAIOR PORTAL DE JORNAIS :::::






::::: Central Sul de Jornais ::::: O MAIOR PORTAL DE JORNAIS :::::

 

Central Sul de Jornais - Todos os direitos reservados