::::: Central Sul de Jornais ::::: O MAIOR PORTAL DE JORNAIS :::::
 
::::: Central Sul de Jornais ::::: O MAIOR PORTAL DE JORNAIS :::::
Região Metropolitana
 
Escolha a cidade ou região para localizar
Jornais, Rádios, Prefeituras e ver notícias locais.
 
 












  A - | A +
Região Metropolitana
13/07/2016    Fonte: Prefeitura Municipal de Porto Alegre
GERAL
DMLU iniciará a troca de contêineres na região central

PORTO ALEGRE - A partir da meia-noite desta quinta, 14, o Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) iniciará a substituição dos 1.200 contêineres que estão nos bairros mais centrais da cidade. A troca será feita pela empresa RN Freitas, vencedora do pregão eletrônico realizado em novembro de 2015. Os equipamentos que serão substituídos foram instalados em 2011, quando o Departamento implantou a modalidade de coleta automatizada pela primeira vez em Porto Alegre.

Às 15h desta quinta-feira, 14, haverá a demonstração do modo como é feita a coleta e a lavagem dos equipamentos na avenida Borges de Medeiros, junto ao Largo Glênio Peres. Fabricados na Itália, os novos modelos têm capacidades para receber 2,4 metros cúbicos e 3,2 metros cúbicos de resíduos. Para evitar odores desagradáveis, a empresa disponibilizará duas lavadoras que possibilitarão ampliar a frequência da lavagem para uma vez por semana. Uma equipe extra fará essa tarefa manualmente na parte externa.

Bairros - A mudança dos contêineres começará pelo Centro Histórico e na área que abrange avenida Mauá até as ruas General Câmara, General Andrade Neves, avenida Senador Salgado Filho e rua Senhor dos Passos.

Será atingida pela troca a totalidade dos bairros Bom Fim, Centro Histórico, Cidade Baixa, Farroupilha e Independência. Parcialmente, serão abrangidos os bairros Azenha, Floresta, Menino Deus, Moinhos de Vento, Praia de Belas, Rio Branco, Santana e Santa Cecília.

O que pode ser descartado - Nos contêineres podem ser colocados resíduos de origem vegetal ou animal e também rejeito. Exemplos: restos de alimentos como carnes, vegetais, frutos, cascas de ovos, restos de vegetação, ossos, sementes, erva-mate, borra de café e chá, cinzas, dejetos de animais domésticos, papel higiênico, absorventes, fraldas descartáveis, cotonetes, espuma, etiquetas adesivas, esponjas, lã de aço, tecidos de limpeza, porcelana e rolhas de cortiça.

Cabe ressaltar que o descarte de resíduos recicláveis nos contêineres é considerado infração grave, punível com multa de R$ 2.628,07, conforme estabelece o Código Municipal de Limpeza Urbana (Lei Complementar nº 728/2014).

Coleta automatizada - Essa modalidade de serviço permite que a população descarte os resíduos orgânicos e rejeito em qualquer hora e dia da semana. Nos bairros com contêineres, a coleta seletiva, destinada ao recolhimento dos resíduos recicláveis, ocorre três vezes por semana e é feita por meio de caminhões. Para saber os dias de coleta seletiva, acesse aqui.

A conclusão das trocas dos equipamentos deverá ser feita num prazo de dez dias corridos. Para a contratação do serviço, o DMLU investirá, mensalmente, R$ 742.510,25.

Foto: Betina Carcuchinski/PMPA

Assessoria de Comunicação/PMPA


       

Leia Também:

 

::::: Central Sul de Jornais ::::: O MAIOR PORTAL DE JORNAIS :::::
::::: Central Sul de Jornais ::::: O MAIOR PORTAL DE JORNAIS :::::

 

Central Sul de Jornais - Todos os direitos reservados